img-feed img-feed-email

CINEMATÓGRAFO VIVO: "À Procura Da Felicidade" ou "A Pequena Miss Sunshine". Afinal, você é um perdedor ou um vencedor?







Por Bob D



Eiiitááá! Alô você que acabou de terminar o colegial e quando te perguntam o que é que você quer fazer você diz: What?! Alô você que tá meio que na dúvida e na dúvida se pergunta: Eu tô na dúvida?! Você está no Bob Quest! Hoje discutiremos um conceito que está meio que enraizado na cultura americana, na nossa cultura. É o que os americanos chamam de “loser” (perdedor numa tradução literal).
O tema deste post surgiu após assistir seguidamente os filmes “À procura da felicidade” e “A pequena Miss Sunshine”, ambos transmitidos pela rede globo há semanas atrás. O primeiro é um claro, ode ao sonho americano, o chamado american dream. O sonho americano é um conceito, um modo de vida que permeia com muita força a sociedade estadunidense. Ele se refere a chamada busca pela felicidade, onde esta é firmada na comodidade financeira, econômica, familiar. Basicamente é trabalhar, acumular riquezas, formar uma família. Você pode ver, sentir isso intrínseco na maioria dos filmes americanos. Todos morando em bairros de classe média numa casa sem murro, com um pequeno jardim, um cerca branca, um automóvel na garagem. Vivendo uma vida quase que padronizada.
Em “A procura da felicidade”, o personagem de Will Smith é um cara que luta pra não se tornar um “perdedor”. Essa idéia é transmitida durante todo o filme.
O filme é baseado na história real de um hoje mega empresário, que supera todas as adversidades pra viver, conquistar o seu “american dream”.
A idéia básica do roteiro (e isso é repetido durante todo o filme) é que você deve lutar pra ser “alguém”. Pra não tornar-se alguém mal-sucedido, alguém dependente, ou seja “um perdedor”. Ele mostra que a felicidade está em alcançar aquilo que você se propõe a alcançar, no entanto o que fica marcado no filme é que faz-se vitalmente necessário uma prosperidade financeira. Nisso o protagonista acaba definindo felicidade como riqueza. Outro conceito muito martelado é o de que “se você trabalhar muito você vai alcançar tudo que você quer ”. No Brasil essa idéia também pode ser vista pressuposto na idéia composta no uso comum da frase bíblica: “Tudo posso naquele que me fortalece”.
Isso é uma grande inverdade. A felicidade independe de uma sólida estrutura financeira, econômica.
É nisso que se difere “A pequena Miss Sunshine”. O filme conta as aventuras de um grupo, uma família de perdedores. Um suicida (o tio), um jovem depressivo (o filho), um velho, usuário de drogas ilegais que vive com a família (o avô), um empresário mal-sucedido e sua esposa insegura, sem-personalidade e finalmente uma garotinha obesa (filha) que tenta ganhar um concurso de beleza mirim.
A idéia central deste filme é exatamente o oposto do primeiro. Nele a busca não parte em conseguir romper barreiras pra alcançar um modo de vida, uma “felicidade padronizada”.
Até o fim do filme todos finalmente vêem que a felicidade independe de estar preso a uma igualdade, estrutura, um padrão de vida particular e financeira que se reflita na da sociedade geral.
Podemos dizer então que se em “A procura da felicidade” a base temática, filosófica é “não seja um perdedor”, em “A pequena Miss Sunshine” ela é : A felicidade esta dentro de você.Você pode ser feliz com o que já tem ou com o que não tem.E isso independe de clichês conceituais.
Pra que, porque trabalhamos, estudamos, gastamos horas e horas da nossa curta vida na terra?Acredito que se você parasse um momento pra pensar, você iria perceber que somos forçados todos os dias a fazer escolhas , coisas que fazemos e nem sabemos porque fazemos.
Sim, é verdade que a vida não dá segundas chances, não podemos contar com esse luxo. Realmente, se você não estudar muito, não trabalhar muito e não ter outra forma de conseguir uma estabilidade financeira, a vida vai ser muito mais difícil nesse sentido pra você, no entanto de forma alguma essa estabilidade é garantia da chamada felicidade e é uma grande inverdade a idéia de que não alcançando essa estabilidade você se torna um “loser”, um perdedor, um ser inferior.
Se seus pais te dizem: ”Seja um advogado” e você prefere ser um artista, então saiba que a segunda opção provavelmente vai levar-lhe a encontrar mais dificuldades de sobrevivência, pela forma como esta profissão é tratada ou por questões mercadológicas, no entanto você pode alcançar o sucesso, o verdadeiro sucesso (não o financeiro, mas o pessoal) nessa escolha. Não é pra isso que lutamos todos os dias?Para sermos felizes?Então faça o que te faz feliz independente do que te dizem que lhe fará feliz.





► Leia mais...

Salada Poética

Por Zanah Rios

A poesia tem comunicação secreta com o sofrimento do homem.
Pablo Neruda


A DANÇA


Não te amo como se fosse rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo secretamente, entre a sombra e a alma.
.
Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascender da terra.
.
Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,
.
Se não assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda


Oláaaaaaaaaa! Você que já estava com saudades da poesia, que abriga no espirito uma necessidade de voar nas asas das rimas e versos...Voltamos com a carga toda! E hoje convidamos o Filho de um operário ferroviário e de uma professora primária, ele nasceu em 12 de julho de 1904, na cidade de Parral (Chile). Seu nome verdadeiro era Neftalí Ricardo Reyes Basoalto. Em outubro de 1971 recebeu o Nobel de literatura. Pois é estamos falando de Pablo Neruda. Sugiro que, se você se interessar, busque maiores informações sobre este grande poeta que viveu momentos especiais da história universal, tornando-se um dos mais importantes poetas chilenos do século XX, no wkipedia; Sua pesquisa.com, entre outros.

Esta é a nossa Salada poética!

Aprecie sem Moderações!


Há amores secretos, confessos e confinados no coração. Somente pelos olhos saberão que se ama.


Poeminha pra um bem querer


Procuro no silêncio noticias tuas...Tu que agora dormes... Deves sonhar?!...

como saber?!...

Eu por minha vez não fecho os olhos,

quero sonhar-te acordada, resguardar teu sono tranquilo.

Dorme meu amor... e sente que um anjo sem asas vela por ti.

Quisera eu,

poder preparar-te uma manhã de festa,

pedir ao sol que brilhe, mas não apague o orvalho cedido pela noite,

são estrelas descidas do céu que vieram dançar contigo

disfarçadas de cristais líquidos, translúcidos .

Abrir um baú cheio de presentes!

arremates e fitas pra você por no cabelo,

uma cesta de vime com flores,

mangas rosas maduras colhidas no pé,

tua caatinga, teus rios, tua chapada...

Ah!! que linda manhã te daria...

só pra te ver sorrir.

Zanah Rios











► Leia mais...

Pelas Ruas de Aracaju encontrei:










Por Zanah Rios

Oláaaaaaa! Este poster é feito pra você, que vem de avião! de carro! Ou mesmo a pé! Você que anda pelas ruas de Aracaju, seja habitante ou visitante, muito bem vindo! Sinta -se em casa e aproveite o papo com nossa convidada de hoje.

Pelas ruas de Aracaju encontrei... Rosa Amélia M.Carvalho


Olá Rosa ?! Seja bem vinda!

Olá! Zanah, obrigada!


Você é natural de Aracaju?

Sim, com muito orgulho.


Por quais motivos escolheu esta cidade pra fixar residência?

Primeiro pk nasci , sinto abençoada por ter nascida na cidade dos cajueiros que por sinal já deveria ser Aracastanha hehehehehe


Qual o Bairro de sua preferência?

Santo Antonio


Pode dizer o porquê?

Primeiro é o bairro nascedouro de Aracaju e segundo foi lá que nasci e me criei!!!


Qual Rua de Aracaju te traz mais recordações?

Na verdade uma seria pouca, seria, mas para um quadrado,Simeão Sobral, João Andrade, Muribeca e João Ribeiro, sem esquecer a colina de Santo Antonio.


Por pura curiosidade, dá pra falar sobre isso?

Claro, Lá foi toda minha infância, brincadeira em que hoje não pode acontecer, pega, pinbarra, pinta lainha, pinhão, pipas, carinho de rolimãs? entre tantas outras, sinto tristeza quando vejo a infância hoje´ sem os amigos que se encontrava depois do café da noite sempre acompanhado pelos olhos dos pais que nas calçadas colocava em dia as fofocas do dia rsrsrsrsr.


Como definiria o povo da terrinha?

Acolhedores, alegres, calmas. Com devidas e honrosas exceções


Se você recebesse uma visita vinda de outro Estado, em quais lugares a levaria?

A colina de santo Antonio, ao mercado, para ver os coretos da praça Fausto Cardoso, as Praias, entre outros.


Como você percebe o cenário político e econômico de Aracaju?

O cenário político precisa de mudança, sangue novo para mudanças Claras, o econômico estaria bem melhor se diminuírem-se os impostos e os políticos usassem o nosso dinheiro para o bem comum.


Como percebe o sistema de transporte em Aracaju?

A anos atrás, teve bem melhor sendo referencia para o Brasil e o mundo com a implantação do sistema de integração e construção de terminais, hoje vejo com tristeza o abandono do Sistema...


Você concorda com o slogan "capital da qualidade de vida"?

Não, ao pé da letra, se olhar para a minha infância a não tantos anos atrás, precisa de investimento em infra-estrutura pois a cidade cresce e a poder publico não acompanha está sem planejamento quase sempre faz quando a imprensa expõe, mas em relação a outras capitais ainda tem qualidade de vida.


Se você pudesse mudar ou acrescentar em Aracaju, o que seria?

Mudaria o cenário político, para que pudesse conservar a "qualidade de vida", para que nossos jovens pudessem ter um acompanhamento dos seus pais e mestre, que as escolas públicas voltassem a ter o padrão de outrora, em que não era necessário ter que pagar para uma melhor educação, que a droga não os pegasse no meio do caminho... e isso não é uma utopia.


Como definiria o cenário cultural de Sergipe?

Sergipe sempre foi florido de grandes cabeças em todos cenários, hoje devido a influencia de alem fronteiras, está meio parado, não que se possa dizer que está fraco, ou melhor, fraco de oportunidades.


Em que época do ano você sugere visitas a Aracaju, por quê?

O ano todo. Temos para todos os gostos, afinal é verão o ano todo do pré caju, forro, praias cidades históricas, rede hoteleira boa, falta só planejamento e investimento do poder publica.


Qual prato típico da cozinha Sergipana recomendaria?

A boa tapioca com seus mil recheios, o caranguejo, a moqueca, o siri, a fritada de camarão, a macaxeira com carne de sol, o arrumadinho, entre tantos outros que ficaria a descrever e ter vontade de provar. hummmm!!!!!


O que pensa do projeto de transposição do rio São Francisco?

Com grande tristeza, que vejo o velho Chico a cada dia definhar, lembro quando na infância passava ferias em Neópolis e via uma infinidade de águas profundas e o cabeço que sumiu... e saber que foi um nordestino que autorizou essa sentencia de MORTE...


Sendo você uma pessoa ligada a religião, como percebe a religiosidade do nosso povo?

Que precisa de Iniciação Cristã, para crianças, jovens e adultos que as famílias encontrem tempo para se encontrar com o Mestre, ai depois de conhecê-lo não mais o largaria... Sendo assim deixaria de recorrê-lo como Pronto Socorro ou em eventos.


Qual festa do calendário litúrgico percebe como ponto forte da religiosidade popular aqui em Aracaju?


A da Semana Santa, as festas de padroeiros, etc.


Rosa se Aracaju fosse a julgamento você a defenderia ou seria um acusadora? Por quê?

Defenderia, sem sombra de duvidas, ainda acredito "que"

"MINHA TERRA TEM PALMEIRAS, ONDE CANTA O SABIÁ, AS AVES QUE AQUI GORJEIAM NÃO GORGEIAM COMO LÁ, NOSSO CÉU TEM MAIS ESTRELAS, NOSSAS VÁRZEAS TÊM MAIS FLORES..."


Que presente daria a Sergipe?

Eu, na verdade! Peço a Deus todos os dias de presente é mais Amor entre todos nós, para que todos pudesse continuar a cantar a

cancão-de- Goncalves-Dias.



Gostaria de acrescentar mais alguma observação?

Que as famílias pudessem conversar mais e mais, que a TV e a falta de tempo, não tirem o acochego dos lares para que os nossos jovens no vazio não procurem as drogas e, agradecer esta oportunidade de expressão.


Nós é que agradecemos pela tua colaboração, e senssibilidadede, além de, também torcer para que você tenha sucesso nos teus empreendimentos. Obrigada! você fez a diferença aqui no Bob Quest!

Bem, carissimos amigos do bob Quest! Terminamos mais uma entrevista e a nossa convidada de hoje foi a Rosa. Não deixem de acessar o blog, haverá muito mais! E participe, deixe seu comentário! se tiver vontade de, tabém ser mais um a somar neste poster, nos envie seu email, que entramos em contato com você. ÊEEEEEEE sê feliz Aracaju!!!!!!!!!!
► Leia mais...

Eridenes: A História manifesta de um Herói Atípico- 1º capítulo- Parte dois


Por Zanah Rios

Parte 2

A Mulher


Sentado à mesa, tinha os olhos postos na fumaça que saia da caneca cheia de café, acompanha mento de um prato com cuscuz e ovos fritos. A cozinha cheirava a gordura.

-Homi, mas você não se arremeda! Trouxe uma costela toda ensebada! Quase não se vê carne! - Dizia uma mulher de mais ou menos 1,60 de altura pesando 90 quilos e uma voz de taquara rachada.

-Estremeceu num misto de asco e dor quando ouviu aquela voz que o chamava a sua real condição de... pai de família! Não respondeu.

-É isso que você traz pra seus filhos comer! Sebo?! Nem a Madona vai querer!

- Madona era uma vira-lata branca com manchas marrons , magra e pulguenta, o parque de

diversões da cachorrada do bairro-

-Não sei onde estava com a cabeça quando me juntei com você, um imprestável!

- A mulher começou sua lamentação costumeira-

-Mas, glória a Deus! Jesuis seja louvado por ter me dado esta cruz tão pesada! Olha Eridenes!

-o nome do pobre que a tudo ouvia calado-

-Você se dê por satisfeito comigo porque outra não ia te aguentar não!...

- A mulher não parava-

Quis levantar-se, mas sem forças, respirou fundo e levando a caneca até os lábios sorveu um grande gole do café quente que escorreu em sua garganta, fechou os olhos, neste momento se transportou a casa de sua infância, viu-se diante de sua mãe, uma bela mulher de pele bronzeada devido ao sol inclemente que a castigava diariamente na lavanderia, que ele conhecia bem, pois sempre a ajudava no recolhimento das peças , era considerada a melhor lavadeira da cidade por seu capricho no trato com as roupas, tinha um corpo esguio e de ancas largas, possuía uma voz aveludada , adorava quando ela cantava cantigas de roda pra ele, em suas recordações quase podia sentir o cheiro da grama misturada com sabão onde coaravam as roupas.

Jesus está aqui Aleluia! Tão certo como ar que eu respiro...tão certo como amanhã …

Foi despertado de súbito por duas vozes cantando esta música, a que vinha do rádio, era de um pastor pentecostal e a outra de Margarida que emitia sons quase incompreensíveis.

-Aleluia! Irmãos tenham fé ! Jesus quer entrar em sua casa! Abram as portas pra que ele entre...

– dizia a voz no rádio-

-Glória a Deus! Jesuis está aqui! Vai homi! abre teu coração pra receber Jesuis, sai das treva!

- ela aumenta o rádio-

Eridenes sente que ela está querendo empurrar Jesus junto com o café goela abaixo . Ele só conseguia pensar na maravilha que seria se tivesse se casado com uma muda. Nem ela e agora nem o pastor calavam, era gritos de glórias e exaltações a um Deus que eles insistiam em dizer que estava ali, mas... onde?! Se pelo menos fizessem silêncio talvez o percebesse e quem sabe até poderiam conversar em paz. Imaginou um cara cabeludo, barbudo, de túnica branca com as mãos nos ouvidos, fazia uma cara sofrida, maneava a cabeça como quem dissesse...

O que foi que eu fiz?!

Nem Jesus aguentava aquilo.

-Margarida! Jesus está aqui!

- Disse num tom sarcástico-

-Glória ! Aleluia! Deus seja louvado!

- Ela se ajoelha e solta uns chalálalaberum... -

Tinha as mãos levantadas e olhos fechados, dizia estar falando a linguagem dos anjos.

- Ele, sentia-se encolher na cadeira-

Aquela cena patética de sua mulher ajoelhada entre o fogão a pia e a mesa onde estava, lhe tirava o ar. Lembrou-se quando a conheceu, era uma moça interessante, atraente, cheia de sonhos, tinha mãos delicadas e uma pele assentada, seus olhos brilhavam quando se encontravam, fizeram planos de uma vida promissora.

- O que havia acontecido com eles?!

Sentia culpa e asco de si mesmo por sentir tal culpa.

-ONDE HAVIA ERRADO?!

Estas perguntas gritavam dentro de si. Sem respostas, só questionamenstos inquietantes que fizeram uma lágrima rolar de seus olhos, que naturalmente foi logo contida pelas costas de sua mão direita.

-Eu sou homem! E homem... não chora!

Num ímpeto, quis levantar novamente e desligar o rádio, mas, conteve-se pra evitar uma briga desastrosa, sua cabeça parecia rodar e num esforço quase sobre-humano pediu gentilmente que ela o servisse de mais café. No que foi atendido, entre lamuriosas reclamações, ainda a respeito das benditas costelas de boi.



► Leia mais...

Wellcome... Well num come ninguém não!!!

Bem vindo ao seu espaço de discussão sobre Cultura Pop, o BobQuest! O BobQuest é um blog diferenciado. Somente nele voçê pode ser voz ativa e voz ouvida. Nele discutimos desde as principais mazelas da Cultura Pop (nossa especialidade) até assuntos do dia a dia, o que popularmente é definido como "papo de buteco". Divirta-se e fique livre para xingar, comentar e usar da sua liberdade democrática, pois aqui é um dos poucos lugares onde esta será amplamente respeitada.
A Direção

Quem somos noizes?!!!

Somos apenas "caras comuns" que querem ser voz ativa e voz ouvida. A internet é a única ferramenta que dispomos pra dizer o que queremos, quando queremos. Ela é o último veículo de comunicação cem por cento democrático. É o único meio de explanação de pensamentos livres de repressão por parte dos poderes, por isso nós aqui a utilizaremos da forma mais livre e sucinta para adentrar e discutir desde as tendências do mundo pop a quaisquer outros assuntos, independente de influências externas ou internas. Aqui você terá liberdade de falar o que bem quiser... enquanto for possível.

Pra entender o que eu tô dizendo

Siga-nos no Twitter

    follow me on Twitter
    Ocorreu um erro neste gadget

    Nossa Trupe

     
    ▲ TOPO ▲