img-feed img-feed-email

Salada Poética

Por Zanah Rios

"Há quem me julgue perdido, porque ando a ouvir estrelas. só quem ama tem ouvido para ouvi-las e entende-las..."

Olavo Bilac


Natal

Jesus nasceu ! Na abóbada infinita
Soam cânticos vivos de alegria;
E toda a vida universal palpita
Dentro daquela pobre estrebaria ...
Não houve sedas, nem cetins, nem rendas
No berço humilde em que nasceu Jesus ...
Mas os pobres trouxeram oferendas
Para quem tinha de morrer na Cruz.
Sobre a palha, risonho, e iluminado
Pelo luar dos olhos de Maria,
Vede o Menino-Deus, que está cercado
Dos animais da pobre estrebaria.
Não nasceu entre pompas reluzentes;
Na humildade e na paz deste lugar,
Assim que abriu os olhos inocentes,
Foi para os pobres seu primeiros olhar.
No entanto, os reis da terra, pecadores,
Seguindo a estrela que ao presépio os guia.
Vêem cobrir de perfumes e de flores
O chão daquela pobre estrebaria.
Sobrem hinos de amor ao céu profundo;
Homens, Jesus nasceu ! Natal ! Natal !
Sobre esta palha está quem salva o mundo,
Quem ama os fracos, quem perdoa o Mal !
Natal ! Natal ! Em toda Natureza
Há sorrisos e cantos, neste dia ...
Salve, Deus da Humildade e da Pobreza,
Nascido numa pobre estrebaria !

Olavo Bilac


Felizzzzzzzzzz Nataaaaaaaaaaaaaaaa! Hoje nossa salada poética entra definitivamente neste clima de festa ! È Natal! Mesmo que você não queira! Mesmo que você não entenda! É Natal! Jesus nasceu! Os sinos irão tocar anunciando que... “Da cepa nasceu a rama, da rama nasceu a flor, da flor nasceu Maria, de Maria o salvador...” Há quem diga que o natal é uma festa melancólica e até triste . Com todo respeito a quem assim compreende o natal, peço licença para discordar, pois, como pode ser triste um momento tão sublime, tão cheio de significados da grande amizade entre Deus e os homens? Ficaríamos felizes se recebêssemos uma pessoa a quem consideramos importante em nossa casa? Agora pensa? Quem é maior que Deus? Meus Caros...Hoje e sempre desejamos que a Luz Divina que emana deste menino penetre em todos os lares e que todas as noites sejam de PAZ!

Esta é nossa Salada Poética!

Apreciem sem moderação!


Deitada na penumbra do meu quarto, ouvia minha avó cantando cantigas de ninar para minha irmã de colo, ela dormia no calor de seus braços, eu dormia na doçura de sua voz.


Cantiga de ninar

Dorme, dorme menino,

o dia já se foi.

Dorme, dorme menino,

tens teus sonhos de rei.


Nesta gruta vazia,

velarei por você,

és o amor e alegria,

sou feliz por te ter.


Há pastores chegando,

uma estrela no céu,

os arcanjos cantando,

viva a glória de Deus!


Paz na terra aos homens,

tão amados do Pai!

Nobres reis estão vindo,

pra te presentear.


Dorme meu doce menino,

a palha vai te esquentar

És videira e o trigo,

pão eterno do céu.

Zanah Rios

Wellcome... Well num come ninguém não!!!

Bem vindo ao seu espaço de discussão sobre Cultura Pop, o BobQuest! O BobQuest é um blog diferenciado. Somente nele voçê pode ser voz ativa e voz ouvida. Nele discutimos desde as principais mazelas da Cultura Pop (nossa especialidade) até assuntos do dia a dia, o que popularmente é definido como "papo de buteco". Divirta-se e fique livre para xingar, comentar e usar da sua liberdade democrática, pois aqui é um dos poucos lugares onde esta será amplamente respeitada.
A Direção

Quem somos noizes?!!!

Somos apenas "caras comuns" que querem ser voz ativa e voz ouvida. A internet é a única ferramenta que dispomos pra dizer o que queremos, quando queremos. Ela é o último veículo de comunicação cem por cento democrático. É o único meio de explanação de pensamentos livres de repressão por parte dos poderes, por isso nós aqui a utilizaremos da forma mais livre e sucinta para adentrar e discutir desde as tendências do mundo pop a quaisquer outros assuntos, independente de influências externas ou internas. Aqui você terá liberdade de falar o que bem quiser... enquanto for possível.

Pra entender o que eu tô dizendo

Siga-nos no Twitter

    follow me on Twitter
    Ocorreu um erro neste gadget

    Nossa Trupe

     
    ▲ TOPO ▲