img-feed img-feed-email

Saudades de...







simplesmente ser pessoa

Por Zanah Rios

Oláaaaaa! Que bom que você resolveu sair um pouco do Orkut, do Msn! ! Olha, nada contra esta forma de comunicação! Masssssss...Também acredito naquela maneira tradicional de relacionamento, tipo ir à casa de um amigo (a) e poder olhar nos olhos dele ou dela, de poder abraçar, tocar em seu ombro. Acredito na sensualidade da troca de olhares em uma paquera! Sabe, um dia destes assisti a um programa jornalístico onde o tema era sobre relacionamentos pela internet. Achei interessante! Sério! Havia um um grupo de adolescentes que habitavam no mesmo prédio e falavam através da net! Se viam pela webbbbbbbbb! Nossaaaaaaaaaaaaaa! Tinha um casal que apesar de morarem juntos se comunicavam por Emails! Isto é hilárioooooooo! Jovens que iniciaram um romance por Msn e da mesma maneira terminaram! Um jeito prático e fácil de não se comprometer com o outro. Nos olhamos por um portal, a tela do computador que nos “aproxima” também nos torna tímidos e reclusos. Conheço algumas pessoas que pelo MSN são perfeitos tagarelas, porém, quando estamos juntos, não conseguem se expressar, ficam quase que imoveis! É, tempos modernos! Há quem busque prazer pelo prazer, tratando o outro como mero objeto de descarte! Existem aqueles que até dizem amar! Que até sofrem por este amor! Mas que não tem a coragem de vive-lo intensamente! Preferem o voo raso das fantasias, para poderem preencher suas vidas insalubres, preferem agarrarem-se ao que lhes parece convencional por puro medo de serem apontadas como diferentes, daí se escondem nestas fórmulas mágicas de existência! E a net também se torna alimento, com suas variadas opções de entretenimentos, e tem gosto pra tudo! Desde um papo religioso ao sadomasoquismo. É, tempos modernos! Fazer o quê? Eu, apesar de usar destes meios de comunicação, gosto mesmo é da realidade, do viver sem máscaras, de ser intensa , de ver as cores que o dia possa me oferecer, de dizer sem medo e olhando no rosto amado, EU TE AMO, e por você e com você sou capaz de enfrentar todas as dificuldades que poderemos encontrar. E não me peçam pra mergulhar no invisível! Uma vez até tentei, te jurooooooooooooo! Tal foi minha loucura por alguém que julgava me amar! Meninooooooo (a)! A dor de não existir como pessoa apresentável é dilacerante, porque você se torna refém das fantasias de outra pessoa. Sua condição é tal qual a de um presidiário do afeto de alguém que no fundo não te respeita. Ela te tem como um objeto de apreciação e desejo, te dá o que e quando lhe possa ser conveniente, e você acaba se sentindo uma espécie de marionetes, cheia de cordinhas puxadas ao bel prazer de quem conduz. Não! E o pior! Acreditem! É quando esta pessoa te olha e diz: Eu sou doida por você! Eu não consigo deixar de pensar em você! O que sinto por você é amor! Você é a pessoa mais linda que eu conheço! Eu sonho fazer tudo com você! A sua voz vai lá no fundo, e mexe inteiramente comigo! Você já me tem por completo! Como eu vou viver sem você?! Eu te adoroooo! Sexo com você é a primeira maravilha do mundo! Depois num belo dia.... Eu te quero... masssssssss....Vamos partir pra amizade, porque você é uma pessoa muito especial pra mim, e eu não quero perder o teu contato. O que isto quer dizer?! Daí, minha genteeeeeeeeeee! Você se sente um lixo ambulante. Uma espécie de verme nascido da construção de uma paixão solitária, você se sente num vazio existencial, onde a tua companheira é a tristeza. Então você se pergunta... o que significaram todas aquelas palavras?!Sabe o que é mais engraçado nisto tudo?! É que esta pessoa que diz querer a tua amizade, ainda tema cara de pau de dizer que isto também tem que ser mantido em segredo! Você acaba mudado de categoria, de amor invisível para amigo invisível! Não é interessante! De todo jeito as cordinhas estarão ali! De modo que a fantasia continua... e você, genteeeeeeeeee! Continua sendo um mero objeto de prazer! Olha! Eu até tentei de todas as formas compreender e aceitar. E digo com toda sinceridade do meu coração, o amor que ainda tenho por esta pessoa é imenso, capaz de desejar toda felicidade do mundo, capaz de defende-la se for preciso, de enfeitar o dia só pra vê-la sorrir! A única coisa que não posso fazer é me deixar conduzir pelo que não é real, pelo medo que não é meu, pelo estúpido preconceito que aterroriza e mata a liberdade de amar, pela incoerência e a insensatez de me tornar prisioneira de um “amor” que não é capaz de mudar. Nunca mais me peçam pra ser invisível, porque isto... Eu não posso fazer. Prefiro a dor de ter que esquecer, prefiro me calar e lutar em favor do que acredito. É, tempos modernos?! Rsrsrs, os alicerces continuam os mesmos, é só olharmos pra nossas próprias história, elas estão recheadas de repetições. Acabamos sendo redundantes, só criamos uma roupagem. A internet mudou a linguagem das comunicações, repaginou os relacionamentos, mas nenhuma tecnologia pode mudar o mundo se o homem não mudar a si mesmo, não se aceitando como realmente é. Penso que a pior das traições é quando a fazemos contra nós mesmos, quando nos acovardamos e nos deixamos encostar na parede por não termos a coragem de dar passos em busca de nossa própria felicidade! De fugir da vida por medo de lutar! Por afirmar que o amor que nos provoca e nos desacomoda é fantasia! Que o certo mesmo é aquele viver morno, regado pela melancolia dos almoços de domingo! De fingir uma alegria, quando o que queremos mesmo é chorar pelo leite derramado! É, tempos modernos!... Um dia... e disso tenho certeza, aquele que nunca teve a coragem de se reinventar vai olhar pra tudo que acumulou durante sua existência, irá procura o sentido de tudo aquilo, e a única coisa que o fará realmente feliz será a vaga lembrança de que um dia foi amado como sempre quis ser. A tecnologia vai evoluir, a linguagem irá mudar os relacionamentos mais ainda, surgirão novas formulas de fantasiar e engessar os preconceitos. Porém, nada irá substituir a verdade, ela sempre estará ali diante de nós, quando nos olharmos em um espelho. Até podemos fugir da vida, masssssssss....um dia ela nos alcança e nos cobra aquilo que nos omitimos em fazer. Sabe de uma coisa?! Bateu uma saudade de mim! Afffffffff! Uma saudade intensa de pular amarelinha, soltar pipa, jogar futebol, queimado, Peteca, cantar e arranhar meu violão! Uma saudade de brincar e sorrir com tudo que é simples. Saudades de todo amor que já dediquei e que me foi dedicado. Eitaaaaaaaaa! Melhor matar esta saudade antes que ela me mate! Oraaaaaa! Eu estou viva! E adorooooooooo viver!


Bem, acho melhor ficar por aqui! E claro que fiquei feliz em podermos conversar, espero que você não tenha se cansado com minhas histórias! E volte quando quiser, quando puder! Nos encontraremos em outra ocasião, deste modo quem sabe um dia nos veremos frente a frente e poderei te dar um abraço. Fica bem tá! Bjssssssss

ah! se você quiser contar seus causos! Rsrssrs, entra em contato conosco. zannnah@hotmail.com

Wellcome... Well num come ninguém não!!!

Bem vindo ao seu espaço de discussão sobre Cultura Pop, o BobQuest! O BobQuest é um blog diferenciado. Somente nele voçê pode ser voz ativa e voz ouvida. Nele discutimos desde as principais mazelas da Cultura Pop (nossa especialidade) até assuntos do dia a dia, o que popularmente é definido como "papo de buteco". Divirta-se e fique livre para xingar, comentar e usar da sua liberdade democrática, pois aqui é um dos poucos lugares onde esta será amplamente respeitada.
A Direção

Quem somos noizes?!!!

Somos apenas "caras comuns" que querem ser voz ativa e voz ouvida. A internet é a única ferramenta que dispomos pra dizer o que queremos, quando queremos. Ela é o último veículo de comunicação cem por cento democrático. É o único meio de explanação de pensamentos livres de repressão por parte dos poderes, por isso nós aqui a utilizaremos da forma mais livre e sucinta para adentrar e discutir desde as tendências do mundo pop a quaisquer outros assuntos, independente de influências externas ou internas. Aqui você terá liberdade de falar o que bem quiser... enquanto for possível.

Pra entender o que eu tô dizendo

Siga-nos no Twitter

    follow me on Twitter
    Ocorreu um erro neste gadget

    Nossa Trupe

     
    ▲ TOPO ▲